Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: PSD afirma-se perplexo com decisão do TC e adverte para falta de margem de manobra

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 abr (Lusa) - O PSD afirmou-se hoje perplexo e muito preocupado com a decisão do Tribunal Constitucional relativa ao Orçamento do Estado para 2013 e advertiu para a falta de margem de manobra para tomar medidas no atual quadro.

"Nós não temos margem de manobra para as decisões que tomamos, na medida em que estamos condicionados pelo memorando de entendimento e pelos objetivos que foram estabelecidos. Vamos aguardar aquela que vai ser a posição do Conselho de Ministros, que reúne amanhã [sábado], mas vamos aguardar com enorme preocupação", declarou a deputada e dirigente do PSD Teresa Leal Coelho aos jornalistas, na Assembleia da República.

Teresa Leal Coelho considerou que o Tribunal Constitucional mudou de posição em relação à diferenciação dos sacrifícios impostos ao setor público e ao setor privado que seu acórdão sobre o Orçamento do Estado para 2012 e não teve em conta o contexto económico e financeiro do país.