Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Presidente do Governo dos Açores diz que seria "razoável e desejável" fiscalizar outras normas

Lusa

  • 333

Ponta Delgada, 02 jan (Lusa) -- O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, afirmou hoje que seria "razoável e desejável" fiscalizar outras normas do Orçamento de Estado (OE) para 2013 além das três que suscitaram dúvidas ao Presidente da República.

"Por exemplo, o destino da sobretaxa [do IRS, imposto sobre o rendimento singular], a norma do OE relativa ao pagamento pelos açorianos dos serviços de saúde que recorrem a entidades no continente", apontou Vasco Cordeiro aos jornalistas, num breve comentário à decisão de Cavaco Silva de pedir ao Tribunal Constitucional que analise três normas do OE para 2013.