Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Parceiros sociais alertaram Passos Coelho para perigos do excesso de austeridade

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 out (Lusa) -- A reunião entre o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e os parceiros sociais, no âmbito do Conselho Europeu, ficou marcada pelas preocupações de patrões e sindicatos face ao próximo Orçamento do Estado para 2013.

No final do encontro, que decorreu no Conselho Económico e Social (CES), em Lisboa, ao contrário do que acontecia anteriormente -- os parceiros eram ouvidos individualmente, em São Bento -, o secretário-geral da UGT, João Proença, destacou a importância da presença do Governo português no encontro de 18 e 19, em Bruxelas, para "fazer sentir a voz" do país.

"É fundamental que o Governo português faça sentir a sua voz no Conselho Europeu, para refletir a situação nacional que é, claramente, insustentável em termos de crise, de aumento do desemprego, e estamos naquela situação em que, se não houver crescimento económico, dificilmente teremos condições para garantir o pagamento dos empréstimos e para garantir condições necessárias aos portugueses", afirmou João Proença no final da reunião, que durou cerca de duas horas.