Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Oposição acusa Governo de não pagar subsídios de férias a horas

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jun (Lusa) -- A oposição acusou hoje o Governo de não pagar "a tempo e horas" e pediu que o subsídio de férias fosse saldado até 15 de julho, um apelo que a maioria recusou na votação final do Retificativo.

A proposta de lei do Governo de Orçamento Retificativo, que integra o pagamento dos subsídios de férias aos funcionários públicos e pensionistas em novembro (e não em junho), foi aprovada hoje em votação final global com os votos da maioria parlamentar PSD/CDS-PP, mas com todos os partidos da oposição a votar contra.

Jorge Machado, do PCP, disse que "o Governo não quer pagar e inventa desculpas", considerando que, "se há dinheiro para pagar os 'swaps', para os agiotas do FMI [Fundo Monetário Internacional], para os benefícios fiscais dos grandes grupos económicos, então tem de haver dinheiro para os subsídios".