Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Governo aumenta IRC e limita deduções a empresas que se financiam com dívida

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 out (Lusa) - O Governo vai aumentar o IRC através de um aumento da derrama estadual, que passa a aplicar-se para lucros superiores a 7,5 milhões de euros, e limita os benefícios fiscais às empresas que se financiam por dívida.

De acordo com o ministro das Finanças, Vítor Gaspar, durante a apresentação das medidas de compensação à queda nas mexidas na Taxa Social Única (TSU), serão tomadas várias medidas de alargamento de base incidência do imposto sobre as empresas.

Entre estas está a limitação à dedutibilidade dos encargos financeiros, diminuindo assim os benefícios fiscais ao financiamento através de dívida, numa altura em que as empresas já enfrentam dificuldades para se financiarem.