Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Frasquilho (PSD) diz que Europa tem de mudar de atitude e pede redução do IRS e IRC

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 mai (Lusa) - O vice-presidente da bancada do PSD Miguel Frasquilho apelou hoje a uma mudança de atitude dos credores relativamente a Portugal, porque "sem mais tempo" será impossível pagar a dívida, defendendo também uma redução do IRS e IRC.

Num discurso em que criticou diversas vezes a ação da 'troika' ao longo da execução do memorando, o social-democrata sublinhou que o momento do investimento na economia portuguesa já devia ter chegado "há muito tempo" e, numa crítica ao PS, advertiu para o risco de eleições antecipadas, que levariam, disse, "a um segundo resgate" e a uma austeridade sem precedentes.

"Qualquer outro governo, fosse de que cor política fosse, não teria feito nada de muito diferente, porque a alternativa seria incomparavelmente pior. Por mais que gritassem (...) são os nossos credores que têm a faca e o queijo na mão", afirmou.