Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Estado não pode contribuir para aumento "inaceitável" de desemprego em Portugal - BE

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 out (Lusa) - O Bloco de Esquerda mostrou-se hoje preocupado com a possível dispensa de metade dos contratados a prazo na função pública, dizendo que o Estado não pode contribuir para o aumento da taxa de desemprego em Portugal.

"Não pode ser o Estado a agudizar aquela que é já uma taxa [de desemprego] inaceitável, insustentável, a maior de sempre na democracia portuguesa", disse o deputado Pedro Filipe Soares no Parlamento, após uma reunião de uma delegação do BE com o Governo sobre a proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2013.

O bloquista diz que não houve do Governo um "número fechado" sobre eventuais dispensados, lembrando Pedro Filipe Soares que faltam cinco dias para a apresentação do OE e é importante que o Executivo "fale a verdade ao país", nomeadamente nos sacrifícios que serão exigidos aos cidadãos em 2013.