Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: "É um roubo aos trabalhadores e à mobilidade das populações" - Fectrans

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 out (Lusa) -- A redução em 20% do número de trabalhadores das empresas públicas de transportes é "uma política desastrosa, um roubo aos trabalhadores e à mobilidade das populações", diz a Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (Fectrans).

"Este Governo teima em destruir as empresas públicas, em as desmantelar, com o objetivo de as privatizar, pondo em causa os direitos dos trabalhadores e também à mobilidade das populações", afirmou à Lusa o dirigente da Fectrans, Vítor Pereira.

Em declarações à Lusa, o dirigente sindical garantiu que "os trabalhadores não vão ficar de braços cruzados: vão lutar pelos seus postos de trabalho".