Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Dentro de seis meses é possível avaliar se ministro das Finanças tinha razão - Marcelo Rebelo de Sousa

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 out (Lusa) - O ex-líder social-democrata Marcelo Rebelo de Sousa considerou hoje que o Orçamento do Estado para 2013 é um "teste muito forte à coligação" e que dentro de seis meses ver-se-á se o ministro das Finanças "tinha razão".

"Impôs-se a vontade do ministro das Finanças. Sendo o Orçamento que ele quis, corresponde à convicção que ele tem de que esta é a receita adequada para salvar o país, sendo uma receita mais forte, muito mais brutal que em 2012", considerou.

Em declarações aos jornalistas à margem de uma conferência sobre a proposta orçamental para 2013, entregue segunda-feira no parlamento, Marcelo Rebelo de Sousa considerou que vai ser possível "dentro de seis meses" avaliar se "o ministro das Finanças tinha razão".