Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Défice vai ser de 5,5% conforme acordado com a 'troika' -- Passos Coelho

Lusa

  • 333

Cidade do Panamá, 19 out (Lusa) - O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou hoje que o défice deste ano aumentou devido à recapitalização do Banif, mas, para efeitos de contabilização pelas instituições da "troika", vai ser de 5,5%, como estava acordado.

"O défice público deste ano será de 5,5%, exatamente como estava acordado com a 'troika', nos termos que estavam acordados com a 'troika'. Não há, portanto, aqui nenhuma alteração", declarou Passos Coelho, em resposta aos jornalistas, durante uma conferência de imprensa conjunta com o Presidente da República, Cavaco Silva, no final da XXIII Cimeira Ibero-Americana, na Cidade do Panamá.

O primeiro-ministro acrescentou que "aquilo que foi divulgado com toda a transparência tem que ver com uma operação de recapitalização do Banif que aumenta o valor do défice, mas não para efeitos daquilo que estava acordado com as instituições da 'troika' [Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional]".