Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Cortes adicionais na despesa têm de garantir resultados com grau elevado de certeza -- Primeiro-ministro

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 out (Lusa) - O primeiro-ministro defendeu hoje, perante os deputados da maioria PSD/CDS-PP, que os possíveis cortes adicionais na despesa a incluir na proposta de Orçamento do Estado para 2013 têm de garantir resultados com um grau elevado de certeza.

"Sobre as possíveis medidas de redução da despesa impende esta obrigatoriedade, que temos de levar inteiramente a sério: na posição delicada em que nos encontramos, têm de ser medidas que nos garantam resultados com um grau elevado de certeza. É um teste difícil, mas necessário", declarou Pedro Passos Coelho, no encerramento das jornadas parlamentares conjuntas do PSD e do CDS-PP, na Assembleia da República.

Antes, o primeiro-ministro considerou que a proposta de Orçamento do Estado para 2013 já inclui uma "importante redução de despesa pública", referindo que esta diminuirá em 2700 milhões de euros, se excluída a reposição parcial dos subsídios de férias e de Natal aos trabalhadores do setor público e pensionistas.