Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Agravamento fiscal revela "um misto de incompetência e de imoralidade" -- Sérgio Vasques

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 out (Lusa) -- "Um tiro no escuro", "uma expropriação violenta da classe média" ou "um misto de incompetência e de imoralidade" são algumas das formas encontradas pelo fiscalista Sérgio Vasques para classificar as medidas já conhecidas do Orçamento do Estado para 2013 (OE2013).

Num comentário por escrito a perguntas colocadas pela agência Lusa, o último secretário de Estado dos Assuntos Fiscais do Governo de José Sócrates arrasa por completo as alterações fiscais já conhecidas da proposta de OE2013 que o Governo irá entregar no Parlamento no dia 15 de outubro.

Sérgio Vasques começa por dizer que a proposta do Governo "traz o maior agravamento fiscal da nossa história moderna".