Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2012: Receitas fiscais devem deixar buraco de 0,4 décimas do PIB nas contas do Estado - UTAO

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 dez (Lusa) - A receita fiscal deverá ficar abaixo do esperado nas previsões revistas há mês e meio pelo Governo, estima a Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO), e deixar uma quebra de 0,4 pontos percentuais do PIB nas contas do Estado.

Segundo a análise dos técnicos independentes enviada hoje aos deputados da comissão de orçamento, finanças e administração pública, "a receita fiscal deverá ficar aquém do novo objetivo anual, não obstante este ter sido recentemente revisto em baixa".

A UTAO sublinha mesmo que "no final do ano poder-se-á verificar uma insuficiência de cerca de 0,4% do PIB", explicando que em termos ajustados "a quebra homóloga da receita fiscal da administração central e segurança social ascendeu a 1.308 milhões de euros, tendo-se atenuado em apenas 41 milhões em outubro".