Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2012: Quebra na receita dos impostos indiretos agrava-se para 5,3% em agosto - DGO

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 set (Lusa) -- A receita dos impostos indiretos (IVA e outros impostos sobre o consumo) cobrados pelo Estado caiu 5,3 por cento nos primeiros oito meses deste ano, segundo dados hoje divulgados pela Direção-Geral do Orçamento (DGO).

No seu boletim de execução orçamental, a DGO assinala uma redução homóloga de 5,3 por cento na receita de impostos indiretos até agosto face ao mesmo período de 2011. Esta redução é mais acentuada do que no mês anterior, e contraria a tendência de recuperação nos impostos indiretos que se vinha a verificar nos últimos meses.

Foi a execução orçamental abaixo das expectativas na receita dos impostos indiretos que levou o Governo a negociar com a 'troika' (Fundo Monetário Internacional, Banco Central Europeu e Comissão Europeia) um ajustamento das metas orçamentais.