Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2012: "Não era preciso bola de cristal" para prever queda da receita - BE

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 jun (Lusa) - O Bloco de Esquerda está "extremamente preocupado" com os números da execução orçamental relativos a maio, hoje divulgados pelo Governo, mas diz que "não era preciso ter uma bola de cristal" para antecipar a queda da receita fiscal.

De acordo com o boletim de execução orçamental hoje divulgado pela Direção-Geral do Orçamento (DGO), a receita fiscal do Estado caiu 3,5 por cento e a despesa com a função pública caiu 7,2 por cento nos primeiros cinco meses deste ano, em comparação com o mesmo período de 2011. Na quinta-feira, o ministro das Finanças, Vítor Gaspar, reconheceu que "a informação disponível sobre o comportamento das receitas não é positiva".

"Não era preciso ter uma bola de cristal para adivinhar que, depois de aumentar os impostos para lá do aceitável, depois de fazer cortes brutais no investimento reduzindo-o quase a zero, depois de cortar no rendimento das famílias, íamos ter como resultado o agudizar da recessão e o disparar do desemprego", afirmou Pedro Filipe Soares, deputado do BE, em declarações à agência Lusa.