Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2012: Défice só pode agravar 444 ME em dois meses para cumprir meta trimestral da 'troika' - UTAO

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 set (Lusa) -- O Governo terá pouca margem para cumprir a meta da 'troika' para o défice no terceiro trimestre, podendo este agravar-se apenas 444 milhões de euros em dois meses, quando a média mensal tem sido 780, alerta a UTAO.

Numa análise a que a Agência Lusa teve acesso da Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO), os técnicos independentes sublinham que o défice orçamental calculado para efeitos de Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF) atingiu em julho os 5.457 milhões de euros.

Este valor quanto ao défice das Administrações Públicas está a apenas 444 milhões de euros do limite quantitativo estipulado pela 'troika' para o défice no final do terceiro trimestre do ano, que é de 5.900 milhões de euros, sublinham os técnicos independentes.