Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2012: "Buraco" do BPN poderá agravar o défice em 600 milhões de euros este ano - PCP

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 out (Lusa) - O PCP estima que o "buraco" financeiro do Banco Português de Negócios (BPN) represente um encargo no défice deste ano de 600 milhões de euros, mais 100 milhões de euros do que a perspetiva do Governo.

Este cálculo foi apresentado pelo deputado comunista Honório Novo na última reunião da comissão parlamentar de inquérito sobre a nacionalização e reprivatização do BPN.

Tal como a estimativa do Governo, também a proposta de conclusões da comissão de inquérito do BPN, da autoria do deputado do PSD Duarte Pacheco, prevê que o "buraco" financeiro do banco representa um encargo suplementar de cerca de 500 milhões de euros este ano em termos de défice, montante resultante da soma dos juros (265 milhões de euros) com "contingências" (236 milhões de euros).