Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2012: Ajustamento do setor privado "deverá ser superior" ao do Estado este ano - UTAO

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 out (Lusa) -- O esforço de redução do défice externo este ano será conseguido sobretudo graças ao setor privado, afirmam os técnicos de apoio à comissão parlamentar do Orçamento.

Numa análise ao segundo orçamento retificativo do ano, a Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) projeta que a redução do défice de Portugal com o exterior vai ser "superior à inicialmente esperada": deverá cair o equivalente a 4% do PIB, em vez dos 2,5% inicialmente previstos.

O Governo previa que esta redução "viesse exclusivamente das administrações públicas, por diminuição do défice público de 7,5% para 4,5% do PIB", lê-se no documento da UTAO. No entanto, em vez disso o défice "corrigido de medidas temporárias" cifrou-se nos 6%.