Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OCDE/Previsões: Principal risco numa zona euro em recessão é falta de respostas políticas adequadas

Lusa

  • 333

Paris, 27 nov (Lusa) -- A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) considera que o principal risco para a economia da zona euro, que só deverá voltar a crescer em 2014, é a falta de respostas adequadas por parte dos decisores políticos.

Nas suas previsões económicas hoje divulgadas, a OCDE estima que a economia da zona euro, atualmente em recessão, recupere apenas muito ligeiramente nos próximos dois anos e o desemprego continue a sua escalada, advertindo que estas projeções estão rodeadas de riscos, o maior dos quais "é que os decisores políticos não façam progressos suficientes na resposta à crise".

Em concreto, a OCDE teme falhanços na criação das condições para mobilizar as chamadas Transações Monetárias Definitivas (operações pelo BCE nos mercados secundários de obrigações soberanas), na tentativa de "reparar" o setor financeiro, e progressos insuficientes a nível de reformas estruturais quer nos países sob ajuda, quer nos países credores.