Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OCDE/Previsões: Inflação deve subir acima de 2% no Norte da Europa para corrigir desequilíbrios com Sul

Lusa

  • 333

Paris, 27 nov (Lusa) -- A taxa de inflação deverá subir "bem acima" dos 2% nos países do Norte da Europa para ajudar a reduzir os desequilíbrios no interior da zona euro, argumenta a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

Num relatório hoje divulgado, a OCDE apresenta possibilidades para a redução dos desequilíbrios financeiros e comerciais entre os países do Norte e do Sul da Europa.

"As mudanças na competitividade dentro da zona euro podem ocorrer através de reduções adicionais dos custos unitários do trabalho nos países sob pressão financeira, mas também podem fazer-se através de aumentos nos custos unitários do trabalho no resto da zona euro, ou através de uma combinação destas duas abordagens", lê-se no documento.