Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OCDE: Seguro considera natural que portugueses questionem "porquê tantos sacrifícios"

Lusa

  • 333

Reguengos de Monsaraz, 27 jul (Lusa) -- O secretário-geral do PS, António José Seguro, afirmou hoje que as previsões da OCDE o "preocupam bastante" e considerou ser natural que os portugueses questionem "porquê tantos sacrifícios".

Em declarações aos jornalistas durante uma visita ao concelho alentejano de Reguengos de Monsaraz, o líder do PS disse que, apesar dos "sacrifícios" pedidos aos portugueses, "neste momento, nem sequer o objetivo principal, que é a redução do défice, o governo vai conseguir com a sua receita".

António José Seguro reagia ao relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) sobre a economia portuguesa divulgado na quinta-feira e que aponta para uma recessão em 2012 e 2013 e que o défice seja superior ao previsto no programa de ajustamento nestes dois anos.