Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OCDE : Relatório recomenda TSU progressiva, mais IMI e menos IRS

Lusa

  • 333

Paris, 14 mai (Lusa) - A OCDE recomenda ao Governo que a taxa social única passe a ser progressiva em função do salário do trabalhador e defende uma descida do IRS compensada com um aumento de impostos como o IMI ou taxas ambientais sobre combustíveis.

"O sistema tributário podia ser mais favorável ao crescimento e propício ao emprego, mudando a estrutura tributária de forma neutral e incidindo nos impostos sobre o trabalho, incluindo as contribuições para a Segurança Social", lê-se no relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), encomendado pelo Governo.

Baixar a contribuição para a segurança social é "particularmente importante" dada a perda cumulativa de competitividade dos custos do trabalho", diz a OCDE, considerando uma baixa da Taxa Social Única (TSU) "particularmente eficaz" para a criação de emprego se os cortes forem concentrados em salários mais baixos.