Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Observatório vai receber notificações de efeitos adversos com produtos naturais

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 jun (Lusa) -- O Observatório de Interações Planta--Medicamento (OIPM) será o organismo português que vai receber as notificações de efeitos adversos com produtos de origem naturais, revelou hoje à agência Lusa a coordenadora deste organismo.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) tem diretivas que obrigam a que todos os produtos de medicina tradicional, à base de plantas, apresentem provas de eficácia e de segurança e sejam sujeitos a controlos de qualidade, "o que nem sempre acontece", disse Maria da Graça Campos.

A coordenadora do observatório da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra (FFUC) adiantou que a OMS tem recebido várias notificações de efeitos adversos com produtos de origem naturais.