Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Óbito/Thatcher: Argentina em silêncio sobre a morte da "Dama de Ferro"

Lusa

  • 333

Buenos Aires, 09 abr (Lusa) -- O governo argentino mantém um escrupuloso silêncio sobre a morte da antiga primeira-ministra Margaret Thatcher, a mulher que declarou guerra e venceu a argentina na luta pela soberania das ilhas Malvinas, em 1982.

A presidente argentina, Cristina Fernández, manteve, no entanto, uma intensa atividade numa rede social para trocar impressões com vítimas das recentes inundações que afetaram a província de Buenos Aires e anunciou vários projetos para reformar a Justiça, mas não mencionou nenhuma palavra à morte de Thatcher.

A agência oficial, Telam, referiu-se a Thatcher como a responsável pelo afundamento do cruzeiro argentino General Belgrano, durante a guerra das Malvinas pese embora, segundo a Argentina, o barco se encontrar fora da zona de exclusão.