Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Óbito/Jaime Neves: Paulo Portas homenageia o general que "fez muito pela democracia em Portugal"

Lusa

  • 333

Redação, 27 jan (Lusa) -- O líder do CDS-PP, Paulo Portas, afirmou hoje que o país "deve uma parte relevante" da sua liberdade a Jaime Neves, considerando que o general "fez muito pela democracia em Portugal".

Em comunicado enviado à Lusa, Paulo Portas, que é também ministro dos Negócios Estrangeiros do Governo de coligação PSD/CDS, salienta que o general "nunca pediu nem esperou favores ou honras do regime que ajudou a consolidar".

Para o líder do CDS, Jaime Neves "não foi devidamente lembrado em vida e até por isso na sua morte merece ser justamente homenageado".