Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Óbito/Chávez: Fabricante do Magalhães diz que Presidente "fez muito em prol dos desfavorecidos"

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 mar (Lusa) - O presidente da JP Sá Couto, empresa que detém o produto mais conhecido nas trocas comerciais com a Venezuela, o computador Magalhães, afirmou hoje que Hugo Chávez "fez muito em prol dos mais desfavorecidos", nomeadamente em relação aos programas educativos.

Numa declaração enviada a pedido da agência Lusa, Jorge Sá Couto lamenta a morte do presidente da Venezuela, "um homem com uma personalidade muito marcante" e "amado e admirado por muitos", e acrescenta que, "ao longo dos anos em que esteve no poder, foi muito o que fez em prol dos mais desfavorecidos, nomeadamente em relação aos programas educativos baseados na tecnologia".

O responsável pela produção do portátil Magalhães, que na Venezuela adotou o nome de Canaima, adianta que foi graças a Hugo Chávez que aquele país "tem hoje o maior projeto mundial de utilização de computadores nas escolas, o projeto Canaima, do qual a JP Ik [o novo nome da empresa] e a Prológica são parceiros desde 2009".