Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Obama espera que reconciliação afegã prossiga, apesar dos "desafios"

Lusa

  • 333

Berlim, 19 jul (Lusa) -- O Presidente norte-americano, Barack Obama, afirmou hoje que sempre contou com "fricções" nas negociações para a reconciliação afegã mas que espera que elas prossigam, apesar do litígio acerca da abertura de uma representação dos talibãs no Qatar.

"A minha esperança é que, apesar desses desafios, o processo continue", disse Obama em Berlim, referindo-se à decisão do Governo afegão de suspender as negociações devido à designação "Emirado Islâmico do Afeganistão" dada à representação talibã em Doha.

Na terça-feira, os talibãs inauguraram uma representação política em Doha, o que foi saudado pelos Estados Unidos, que anunciaram o envio de emissários à capital do Qatar.