Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Obama adverte que tensão racial pode ser aumentada pela desigualdade económica

Lusa

  • 333

Washington, 28 jul (Lusa) -- O Presidente norte-americano, Barack Obama, defendeu, em entrevista ao diário The New York Times, publicada este sábado, que a tensão racial nos Estados Unidos não diminuirá se se mantiver a desigualdade económica no país.

"As tensões raciais não vão melhorar; poderão até agravar-se, porque as pessoas vão sentir que têm que competir com algum outro grupo pelas sobras de uma panela cada vez mais pequena", afirmou Obama, na entrevista em que realçou a sua mensagem sobre a desigualdade económica no país.

O Presidente norte-americano considerou que a igualdade de oportunidades tem vindo a sofrer uma erosão nos "últimos 20, 30 anos, muito antes da crise".