Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Obama acusa lóbi das armas de mentir para impedir legislação no Senado

Lusa

  • 333

Washington, 17 abr (Lusa) -- O Presidente dos EUA, Barack Obama, acusou hoje o lóbi das armas de mentir deliberadamente acerca da legislação sobre verificação de antecedentes para venda de armas de modo a que fosse rejeitada no Senado.

Obama, que fez uma declaração menos de uma hora depois de o Senado ter rejeitado a emenda que propunha o alargamento das verificações de antecedentes criminais, lamentou o que considerou ser um "dia vergonhoso para Washington".

O Presidente dos Estados Unidos falou de forma emocionada e disse que isto era apenas a "primeira ronda" de um processo mais abrangente, no sentido de limitar o acesso à compra de armas, depois do massacre de Newtown, em dezembro, quando 20 crianças foram mortas a tiro numa escola.