Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

O sonho americano na ponta dos pés

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 mar (Lusa) -- Uma bolsa universitária, conquistada pela habilidade com a bola, pode não ser o sonho americano comum, mas é o de José Maria Freitas que hoje saberá se é um dos escolhidos para receber um passaporte para os Estados Unidos.

Hoje é o dia D para José Maria Freitas, como o é para os restantes 31 inscritos na iniciativa da USE AMERICA, que veio a Portugal, mais concretamente ao estádio do Restelo, em Lisboa, recrutar futebolistas entre os 15 e os 22 anos para as ligas universitárias dos Estados Unidos, com bolsa incluída.

Um dia depois de ter sido observado pela primeira vez pelos nove treinadores norte-americanos, o jovem de 20 anos saberá se vai ou não viver aquilo a que o próprio chama "sonho americano".