Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

O povo e cada geração têm "legitimidade" para rever Constituição - Gomes Canotilho

Lusa

  • 333

Lisboa, 3 nov (Lusa) - O constitucionalista Gomes Canotilho defendeu hoje que o povo e cada geração têm "legitimidade" para rever a Constituição, argumentando ainda que a reforma do Estado faz-se com "transparência democrática" e tem de passar por eleições.

"O povo tem legitimidade para rever. Mais, como diziam os autores americanos, cada geração tem o direito de fazer a sua Constituição. Em termos geracionais, cada geração tem o direito de rever a sua própria Constituição", defendeu Gomes Canotilho.

O professor de Direito falava na conferência "Portugal, o país que queremos ser", promovido pela Comissão Nacional de Justiça e Paz, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.