Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nuno Jordão deixa a Sonae ao fim de 26 anos por motivos de saúde

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 mai (Lusa) -- O administrador da Sonae Nuno Jordão deixa a gestão da empresa ao fim de 26 anos por motivos de saúde, o que levou a uma recomposição da comissão executiva, anunciou hoje o grupo liderado por Paulo Azevedo.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sonae informou que o conselho de administração aprovou hoje a recomposição da comissão executiva, por renúncia de Nuno Jordão ao exercício do cargo de administrador desta sociedade, mantendo-se os restantes membros em função.

A saída de Nuno Jordão ocorre na sequência da decisão tomada em 2009, divulgada durante a apresentação de resultados de 2008, de, por motivos de saúde, progressivamente cessar funções.