Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nuno Amado quer que tensão entre Portugal e Angola seja "ultrapassada" rapidamente

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 nov (Lusa) - O presidente do Banco Comercial Português (BCP), Nuno Amado, que detém o Millennium Bank em Angola, considerou hoje que o clima de incerteza ao nível das relações entre Portugal e aquele país africano deve acabar o mais rapidamente possível.

"Espero que seja um passo atrás para depois darmos dois passos à frente", realçou o banqueiro, acrescentando que "estas situações de instabilidade são sempre más para os empresários, portugueses e angolanos".

Segundo Nuno Amado, a incerteza é a pior coisa que pode existir em termos de negócio, por isso, desejou que "isto seja ultrapassado rapidamente".