Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Número dois da máfia japonesa "yakuza" condenado por extorsão

Lusa

  • 333

Tóquio, 22 mar (Lusa) - O número dois da "yakuza", a maior máfia do Japão, foi condenado hoje por extorsão, numa decisão vista como uma grande 'vitória' na luta contra as redes de crime organizado no país.

Kiyoshi "Mekkachi" Takayama, 65 anos, que alegadamente ficou cego de um olho na sequência de uma luta com espadas no início da sua 'carreira', foi condenado a uma pena de seis anos de prisão. "Mekkachi" - o nome como é conhecido no 'submundo' - quer dizer precisamente 'zarolho ou uma pessoa com um só olho' no dialeto do oeste do Japão.

Takayama é o segundo na liderança da Yamaguchi-gumi, um complexo sindicato de crime organizado que contava com 27.700 membros nas suas trincheiras no final de 2012, de acordo com a Agência da Polícia Nacional.