Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Número de mortos devido às cheias em Moçambique aumenta para 81 - Oficial

Lusa

  • 333

Maputo, 31 jan (Lusa) - O número de pessoas que morreram devido às cheias em Moçambique subiu para 81 e o de refugiados em centros de acomodação é de 150 mil, indicou hoje o Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC).

Em declarações à Lusa, a porta-voz do INGC, Rita Almeida, apontou a província de Gaza, no sul de Moçambique, como a que registou até agora o maior número de mortes devido às calamidades naturais, com 41 óbitos.

Rita Almeida afirmou que a crise humanitária provocada pelas calamidades naturais está longe de ser ultrapassada, porque a época chuvosa continua.