Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Novos hotéis no Algarve são "desafio" para promotores e surgem em "contraciclo"

Lusa

  • 333

Faro, 13 mar (Lusa) -- A hotelaria do Algarve atravessa dificuldades devido à crise económica e às medidas de austeridade e a abertura de novas unidades hoteleiras é vista por promotores como um "desafio", enquanto a principal associação do setor diz surgir "em contraciclo".

O grupo Sana Hotels vai abrir o seu primeiro resort em Portugal no Algarve, no dia 14, seguindo uma estratégia de expansão que a administração já tinha definido antes de a crise começar e se instalar numa região que, disse à Lusa um alto cargo, "continua a ser um destino preferido e com procura a nível internacional".

O Epic Sana Algarve está localizado em Albufeira, junto à praia da Falésia, tem cinco estrelas, 160 quartos, 26 suites e 43 apartamentos, representa um investimento de 65 milhões de euros e vai criar cerca de 170 postos de trabalho, segundo o administrador do grupo, Carlos Silva Neves.