Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Novo rombo agrava salinização do Baixo Vouga lagunar

Lusa

  • 333

Estarreja, 26 jul (Lusa) - Um novo rombo nos muros de proteção está a agravar a salinização dos campos do Baixo Vouga e a ameaçar o equilíbrio ecológico, atribuído à amplitude das marés, provocada pelas obras portuárias, disse hoje fonte autárquica.

No lugar denominado de "Cachais" ou "Águas Largas", na confluência dos esteiros de Canelas e Sareu, a "mota" (designação dada aos muros feitos de torrão) cedeu no final da semana passada à pressão da água salgada, que inunda já 100 hectares de terrenos marginais, e a intervenção de emergência feita pela Câmara de Estarreja não foi suficiente.

A água voltou a abrir novos rombos e hoje, por conta da autarquia, tratores têm estado a depositar pedra para repor a proteção e o caminho agrícola, numa zona de difícil acesso, o que obriga a utilizar atrelados de pequeno porte, fazendo demorar e encarecer a reparação.