Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Novo Centro Europeu da Cibercriminalidade lutará contra pornografia infantil

Lusa

  • 333

Bruxelas, 09 jan (Lusa) -- O novo Centro Europeu da Cibercriminalidade, que será inaugurado na sexta-feira, vai centrar a sua ação nas atividades ilegais exercidas na Internet por grupos de criminalidade organizada, nomeadamente a exploração sexual de menores, anunciou hoje a Comissão Europeia.

O centro, que funcionará nas instalações do Serviço Europeu de Polícia (Europol), em Haia, visa defender os consumidores 'online' e combater o crime informático, que afeta, por dia, "aproximadamente um milhão de pessoas em todo o mundo" e provoca perdas anuais de cerca de 290 mil milhões de euros, segundo Bruxelas.

A comissária europeia para os Assuntos Internos, Cecilia Malmström, disse, numa conferência de imprensa em Bruxelas, que o Centro Europeu da Cibercriminalidade vai ajudar "os cidadãos e a indústria", centrando a sua ação nos "grupos organizados".