Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Novas regras para remédios inovadores visam maior equidade - ministro da Saúde

Lusa

  • 333

Lisboa, 02 nov (Lusa) -- O ministro da Saúde assegurou hoje que o novo mecanismo de autorização para acesso a medicamentos inovadores nos hospitais vai promover "maior equidade" em todo o país, recusando a ideia de que haja racionamento.

Esta semana, um despacho publicado em Diário da República veio alterar as regras de acessos dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) aos remédios inovadores que ainda não estão aprovados para uso hospitalar, que têm de ser solicitados através de uma autorização de utilização especial (AUE).

"A legislação agora regulamentada vai no sentido de promover uma maior equidade", declarou o ministro Paulo Macedo aos jornalistas, adiantando que o diploma cria "centros de referência que vão ter de decidir [sobre os fármacos inovadores] de uma forma igual para todo o país".