Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nova Muxima, exemplo de sincretismo religioso em Angola, fica pronta em 2017

Lusa

  • 333

Muxima, Angola, 05 jun (Lusa) - A nova Muxima, maior centro mariano da África subsaariana em termos de afluência e que representa o sincretismo religioso em Angola, fica concluída em 2017, disse hoje à Lusa o autor do projeto, o arquiteto português Júlio Quaresma.

Os projetos de construção da basílica e da nova cidade foram apresentados terça-feira a 11 empresas, entre as quais as portuguesas Mota Engil, Soares da Costa, Somague e Teixeira Duarte e a brasileira Odebrecht.

As empresas terão que apresentar as suas propostas até ao próximo dia 11 de julho e o lançamento da primeira pedra deverá coincidir com a tradicional peregrinação de agosto, com as obras a arrancarem em janeiro de 2014.