Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nova lei das rendas "agravará relação de desigualdade" entre proprietários e senhorios -- presidente do PS-Porto

Lusa

  • 333

Porto, 13 out (Lusa) - O presidente da Federação Distrital do Porto do PS, José Luís Carneiro, defendeu na sexta-feira que a nova lei das rendas "agravará a relação de desigualdade e de desequilíbrio entre os proprietários e os senhorios".

Numa conferência promovida pela Associação dos Inquilinos do Norte de Portugal (AINP), o dirigente socialista considerou que a nova lei conduzirá a uma liberalização "completamente insustentável", gerando "rendas de valor totalmente incomportável para as famílias de rendimentos mais baixos".

José Luís Carneiro recordou que o seu partido apoiou, nomeadamente, a proposta AINP de uma "moratória de 15 anos na aplicação desta lei" aos contratos antigos.