Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nova cooperativa quer recuperar cultivo de cânhamo para fins industriais em Portugal

Lusa

  • 333

Redação, 02 mar (Lusa) -- A ainda embrionária Cooperativa para o Desenvolvimento do Cânhamo (Canapor) pretende esclarecer a população sobre o potencial industrial da planta e recuperar a utilização para fins como a construção civil ou papel, segundo um dos fundadores.

Em declarações à Lusa, um dos responsáveis pela constituição da Canapor Manuel Duarte disse que entre os objetivos de uma série de iniciativas - como a criação da cooperativa e o lançamento de uma petição que conta com perto de 500 assinaturas - inclui-se o desejo de que haja cultivo de cânhamo em Portugal, como já houve anteriormente, em particular para fins têxteis.

Manuel Duarte, proprietário da única loja nacional dedicada em exclusivo à venda de produtos derivados de cânhamo como roupa ou cosméticos, mas também alimentação e bebidas, lamenta ter que importar todos os produtos que possui no estabelecimento e refere que o interesse pela planta advém de esta ser "muito versátil e altamente rentável a todos os níveis".