Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nonagenário suspeito de ter sido guarda em Auschwitz detido na Alemanha

Lusa

  • 333

Berlim, 06 mai (lusa) - Um homem de 93 anos, suspeito de ter sido guarda no campo de concentração de Auschwitz, foi detido na Alemanha, anunciou hoje o Ministério Público de Estugarda.

"As forças da polícia criminal de Baden-Würtemberg, por ordem do Ministério Público de Estugarda, detiveram em sua casa um homem de 93 anos, antigo funcionário do campo de concentração de Auschwitz que fez parte do serviço de guardas desde o outono de 1941 até ao encerramento, em 1945, e é suspeito de cumplicidade em assassínios", anunciaram as autoridades em comunicado.

O indivíduo compareceu perante um juiz que determinou que fique em prisão preventiva enquanto "está a ser preparada a acusação", acrescenta o texto.