Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nobel da Paz pedem a Putin para abandonar acusação de pirataria contra Greenpeace

Lusa

  • 333

Moscovo, 17 out (Lusa) -- Onze prémios Nobel da Paz pediram hoje ao Presidente russo, Vladimir Putin, para desistir das "acusações excessivas de pirataria" contra 30 ativistas da Greenpeace, anunciou hoje a organização ecologista.

O ex-presidente timorense José Ramos Horta, o bispo sul-africano Desmond Tutu e a advogada iraniana Shirin Ebadi estão entre os Nobel subscritores do apelo.

"Escrevemos-lhe para pedir que faça tudo ao seu alcance para garantir que as acusações excessivas de pirataria contra 28 ativistas da Greenpeace, o fotógrafo e o vídeo operador sejam abandonadas e que quaisquer acusações que sejam apresentadas sejam consistentes com a lei russa e internacional", afirmam numa carta a Putin.