Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ninguém se pode impor ao Irão com sanções - Ahmadinejad

Lusa

  • 333

Teerão, 10 fev (Lusa) - O presidente do Irão, Mahmud Ahmadinejad, afirmou hoje que, através de sanções e pressões, ninguém poderá impor a sua vontade à nação iraniana, num discurso a propósito do 34.º aniversário da Revolução Islâmica.

No discurso, no final de uma manifestação que reuniu multidões em Teerão, Ahmadinejad disse que o "Irão é uma das nações mais independentes do mundo e [que] ninguém pode impor-lhe a sua vontade", referindo-se implicitamente às sanções do Conselho de Segurança das Nações Unidas, da União Europeia (UE), dos Estados Unidos e de outros países para que o país abandone o seu programa nuclear.

"O Irão não vai ceder um milímetro nos seus direitos", reiterou o governante, aludindo ao programa nuclear iraniano, que Teerão garante ser exclusivamente civil e pacífico, apesar de alguns países, liderados pelos Estados Unidos, afirmarem que tem uma vertente armada.