Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nigéria: Porta-voz do grupo radical Boko Haram morto por soldados

Lusa

  • 333

Kano, 17 set (Lusa) - O alegado porta-voz do grupo radical islâmico nigeriano Boko Haram foi morto por soldados, que detiveram também dois responsáveis do movimento no norte do país, informou fonte militar.

"Levámos a cabo uma operação hoje de manhã, na qual matámos o homem responsável da comunicação no grupo terrorista Boko Haram e detivemos dois comandantes do grupo", anunciou o tenente Iweha Ikedichi, porta-voz do exército nigeriano, citado pela agência France Presse (AFP).

Os soldados que participaram na operação, que decorreu num subúrbio de Kano, no norte do país, declararam que o homem morto era suspeito de ser o porta-voz do Boko Haram, que se identificava como Abul Qaqa.