Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nigéria: Maior companhia aérea volta a voar, ultrapassada acusação de corrupção

Lusa

  • 333

Lagos, Nigéria, 22 set (Lusa) -- A maior companhia aérea da Nigéria retoma no domingo os voos internos, anunciou o diretor executivo depois de ter dito publicamente que esta deixaria de voar por causa da corrupção do governamental.

Numa breve declaração aos jornalistas, o diretor executivo da Arik Air Ltd., Chris Ndulue, limitou-se a dizer que a companhia tinha realizado uma reunião com representantes do governo em Abuja, a capital da Nigéria, tendo resolvido "todas as questões" existentes.

Ndulue não se referiu à acusação feita pela companhia aérea de que o ministro da Aviação, Stella Oduah, tinha interesse pessoal e financeiro na destruição da empresa.