Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nicolás Maduro diz que "fascistas" devem estar a pensar eliminá-lo fisicamente

Lusa

  • 333

Caracas, 24 abr (Lusa) -- O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, advertiu na terça-feira que "os fascistas" devem estar a pensar eliminá-lo "fisicamente" e denunciou que "entre Miami e a América Central há quem esteja a pagar para ver quem se atreve a fazê-lo".

"Eu não exagero se digo que estes fascistas que são capazes de mandar disparar contra um povo, são capazes e devem estar a pensar eliminar-me fisicamente, não é nenhum extremismo dizê-lo", afirmou Nicolas Maduro numa cerimónia transmitida pelo canal estatal.

O Presidente venezuelano indicou que "seguramente estão outra vez a tratar de banalizar estas questões" e que um alegado plano contra si "não deve ocorrer".