Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Não mate a minha mãe" - apelo da filha de Timochenko ao presidente ucraniano

Lusa

  • 333

Kiev, 22 jan (Lusa) -- A filha da ex-primeira-ministra ucraniana Iulia Timochenko pediu na segunda-feira ao presidente da Ucrânia que "não mate" a sua mãe, noticia a AFP.

No seu apelo, divulgado pelo partido Batkivchtchina (Pátria) da sua mãe, Evguenia afirma: "Para mim, é claro que querem matar a minha mãe (...). É um assassínio premeditado".

Iulia Timochenko está a cumprir uma pena de sete anos, depois de ter sido condenada por abuso de poder e acaba de ser acusada de ter encomendado um assassínio em 1996.