Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Não há salvaguarda dos postos de trabalho da ANA apesar de objetivo de os aumentar -- CT

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 jan (Lusa) -- O secretário de Estado dos Transportes disse hoje a representantes dos trabalhadores da ANA que não há uma salvaguarda formal dos postos de trabalho, ainda que haja um objetivo de aumento destes, segundo fonte da Comissão de Trabalhadores.

Em declarações à Lusa na sequência de uma reunião com o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, da parte da Comissão de Trabalhadores (CT) João Figueiredo afirmou terem recebido alguma informação acerca do que consta do contrato de concessão, mas que só dentro de "sensivelmente um mês" será conhecido.

"Relativamente à salvaguarda dos interesses dos postos de trabalho o que nos foi dito foi que não está nada salvaguardado. Há questões de princípio e que na transição para o setor privado passaremos a estar sob a alçada da lei geral", disse o elemento da Comissão de Trabalhadores, acrescentando que há uma estratégia de "fomentar os postos de trabalho e não de reduzir".